Entre em contato conosco

Home » Blog

Blog

A importância da avaliação do mastologista no pré-operatório

O preparo da cirurgia de mama envolve exames laboratoriais, risco cirúrgico e exames de imagem da mama, podendo ser mamografia, ultrassom ou ressonância magnética, em casos selecionados. De posse destes exames,  a avaliação por um mastologista é muito importante para dar segurança ao processo cirúrgico. Isso porque, durante esta avaliação, podem ser detectadas lesões ou nódulos mamários que não se constituem em problemas, carecendo de simples acompanhamento, mas também podem surgir alterações nos exames que justifiquem uma abordagem mastológica antes da plástica ou em conjunto com o procedimento cirúrgico.

Nestes casos é importante um entrosamento entre as equipes, a fim de facilitar o fluxo operatório e otimizar o tempo cirúrgico. Exames de imagem normais também têm seu valor, já que servem como referência para futuros exames da mama operada, para fins comparativos.

Existem casos em que são detectadas lesões benignas na mama no pré-operatório que não necessitam ser removidas, somente acompanhadas. Em algumas pacientes, estas lesões quando removidas aumentam o risco de intercorrências na plástica, por diminuir a vascularização em locais estratégicos, sendo sua remoção contraindicada. Especialmente nestas situações, a atuação do mastologista é fundamental para embasar a decisão e auxiliar na definição da melhor conduta do caso.

Finalizamos com o envio do material retirado na cirurgia, quando presente, para avaliação anatomopatológica (biópsia). Assim, é possível fazer o rastreamento microscópico de lesões das mamas, inclusive do câncer de mama, tumor que tem se tornado um grande problema nos dias atuais.

Dr. Guilherme Ribeiro

cirurgião plástico que se dedica à cirurgia plástica há mais de 15 anos, em uma trajetória pautada pela ética, excelência técnica e constante atualização.