Entre em contato conosco

Home » Blog

Blog

É possível reduzir o tamanho das aréolas em uma Mastopexia?

É comum receber em consultório algumas pacientes que além de se incomodarem com a ptose das mamas, também se queixam da aparência, do formato ou da assimetria das aréolas . Felizmente, conseguimos solucionar essas duas queixas em uma mesma cirurgia: a mastopexia, que eleva as mamas retirando o excesso de pele e desencostando-as do abdome, além de melhorar a estética das aréolas, reconstruindo-as no tamanho, localização e formato adequado.

A Mastopexia
A mastopexia ou lifting das mamas visa proporcionar a sustentação ou o “levantamento” das mamas com ptose (queda). Este procedimento pode estar associado ou não ao uso de uma prótese de silicone.

 

Quais são as indicações da cirurgia?

São diversos os motivos que fazem com que as mamas fiquem flácidas. O processo de envelhecimento é o principal deles, fazendo com que a mama, com o passar dos anos, sofra mudanças estruturais, como a diminuição da sua consistência e densidade, e o aumento considerável da flacidez na região. Além disso, o ganho de peso, gestações e a tendência genética também ajudam a acelerar o processo de envelhecimento e podem ser fatores que motivam a ptose das mamas.

 

Como acontece a correção das aréolas?

Durante uma Mastopexia a incisão periareolar é SEMPRE necessária. Além desta incisão, podem também ser feitos cortes verticais e horizontais, formando o T invertido ou a cicatriz em “âncora”. Assim, durante a realização dessas manobras, é possível reduzir o tamanho, modificar a posição e melhorar a simetria das aréolas, de acordo com as preferências e características de cada paciente.

Dr. Guilherme Ribeiro

cirurgião plástico que se dedica à cirurgia plástica há mais de 15 anos, em uma trajetória pautada pela ética, excelência técnica e constante atualização.