Entre em contato conosco

Home » Blog

Blog

Mamoplastia em adolescentes – Quando é indicada?

A cada ano, observamos um aumento no número de pacientes jovens que desejam realizar uma mamoplastia. A decisão de operar pacientes adolescentes passa por várias etapas importantes.

Além da indicação estética, a mamoplastia pode ajudar pacientes jovens que sofrem com má formações como as mamas tuberosas, ou que apresentem mamas demasiadamente grandes, pesadas e assimétricas. Cada caso deve ser avaliado individualmente e é fundamental que o médico esclareça todas as informações sobre a cirurgia nesta faixa etária, incluindo os possíveis riscos e complicações associados ao procedimento.

Entenda melhor sobre as particularidades das principais cirurgias das mamas em pacientes jovens

 

  • Mamoplastia de aumento – A cirurgia de aumento mamário pode ser, de certa forma, encarada como a mais estética e a menos urgente das mamoplastias, apesar de algumas pacientes com mamas muito pequenas terem grande comprometimento psicossocial atenuados pelo procedimento cirúrgico.

 

  • Redução Mamária – Nas mamoplastias redutoras, presenciamos muitos casos de meninas jovens com grande desenvolvimento mamário desde uma fase precoce, que apresentam mamas tão volumosas a ponto de influenciar na postura e na posição da coluna vertebral. Estas meninas, muitas vezes, contam nos dedos os dias que faltam para poderem se submeter à mamoplastia redutora, desejo que é também, na maioria das vezes, compartilhado pelos familiares mais próximos.

 

  • Lifting das mamas – A mastopexia, cirurgia que corrige a queda mamária, pode ser realizada em meninas jovens que sofrem com a ptose das mamas devido à oscilação de peso ou à características constitucionais. Nos pacientes com efeito sanfona ou grandes emagrecimentos ocorre naturalmente um esvaziamento e ptose das mamas. Existem, por outro lado, meninas que não perderam peso, mas que apresentam naturalmente os tecidos de revestimento do tórax de pior qualidade.


Idade – Qual o limite mínimo?

De forma geral, o limite mínimo de idade para realizar uma cirurgia nas mamas é de pelo menos 3 anos após a primeira menstruação, período em que os seios provavelmente já estarão totalmente formados.  O recomendado é que a paciente aguarde o máximo que conseguir, idealmente até ter 18 anos de idade, para que a cirurgia atinja resultados mais satisfatórios e duradouros.

4 Fatores essenciais para a mamoplastia em adolescentes

De qualquer forma, independente destas alterações estarem presentes, é necessário em casos de pacientes mais jovens se ater a alguns detalhes importantes:

  • O desejo de a paciente operar deve existir e ser suficiente para motivar a cirurgia;
  • Os pais ou responsáveis devem estar de acordo com o proposto;
  • O desenvolvimento corporal deve estar completo e adequado neste momento;
  • Deve ser bem esclarecido pelo médico, durante o pré-operatório, os riscos cirúrgicos, como uma possível interferência com o processo de amamentação, assim como todos os outros pontos importantes que envolvam as mamoplastias.

 

Dr. Guilherme Ribeiro

cirurgião plástico que se dedica à cirurgia plástica há mais de 15 anos, em uma trajetória pautada pela ética, excelência técnica e constante atualização.