Entre em contato conosco

Home » Blog

Blog

Mastopexia isolada ou com prótese mamária? Entenda as diferenças

A mastopexia é a cirurgia que visa o tratamento da flacidez mamária através do seu levantamento e da melhora do colo. Geralmente, nestes casos, o que incomoda é a flacidez e a queda ou ptose mamária, sendo que o volume mamário está adequado, não necessitando de grandes reduções. Para “levantar” as mamas é necessária a retirada de pele, de parte dos tecidos glandulares e de gordura que estão em ptose. O material retirado deve ser enviado de rotina para exame anátomopatológico ou biópsia, a fim de rastrear possíveis doenças da mama.

 

Mas afinal, quando é necessário associar a mastopexia com a inclusão de próteses mamárias?

Existem casos em que os tecidos existentes na mama não apresentam quantidade suficiente para montar uma nova mama harmônica, com o tamanho adequado ao desejo da paciente, assim como não apresenta consistência suficiente para gerar satisfação no pós-operatório. Nestes casos utilizamos, sempre que possível, os implantes de silicone, a fim de sanar estas dificuldades e conferir maior volume e firmeza aos seios. Podemos retirar também parte do tecido mamário e trocá-lo por prótese mantendo o volume inicial da mama, se este for o desejo. Estes casos são nomeados como mastopexia com inclusão de prótese de silicone. A existência de inúmeros tipos de próteses (redondas, naturais e de volumes diversos) nos dá um leque maior de opções para facilitar estas cirurgias.

 

Dr. Guilherme Ribeiro

cirurgião plástico que se dedica à cirurgia plástica há mais de 15 anos, em uma trajetória pautada pela ética, excelência técnica e constante atualização.