Entre em contato conosco

    Home » Blog

    Blog

    Tipos de incisão para inclusão de prótese de silicone

    A cirurgia de aumento mamário é dentre as cirurgias de mama a de menor porte. Desta forma, utilizamos para esta finalidade a menor incisão possível, a fim de permitir a inclusão da prótese e o aumento mamário. A cicatriz resultante mede poucos centímetros , mas deve-se ter cuidado ao tentar cicatrizes mínimas, já que existe risco de lesão do implante durante a sua colocação e pode ocorrer um atrito exagerado nas bordas da incisão, acarretando uma cicatriz de aspecto menos estético do que seria alcançado com um corte um pouco mais longo.

    Existem basicamente 3 tipos/locais para se realizar as incisões na mamoplastia de aumento:

     

    • Axilar: a vantagem desta incisão é evitar a cicatriz na mama propriamente dita, apesar de poder ser necessário incisar a mama para tratar alguma intercorrência. Apresenta risco um pouco mais alto de infecção, devido à proximidade com a axila e a cicatriz pode ser visível em alguns tipos de camiseta, dependendo do tipo de cicatrização.

     

    • Periareolar: A vantagem é de se camuflar na transição de cor da aréola para a mama, geralmente em um semicírculo inferior. Apesar de camuflada neste local, apresenta riscos um pouco maiores de infecção ao se atravessar a glândula mamária para a colocação do implante em plano profundo. Além disso, interfere um pouco mais na inervação e ductos lactíferos da mama, pelo mesmo motivo.

     

    • Sulco submamário: é a técnica mais utilizada e minha preferência pessoal. Acesso escondido no sulco da mama, geralmente de boa cicatrização, camuflado, com menor interferência na amamentação, boa visualização da loja do implante durante o acesso cirúrgico, menor índice de infecção, maior facilidade em se definir o sulco submamário e estruturar a base da nova mama.


    Não realizamos o acesso umbilical, muito usado nos Estados Unidos, pela rotina em se usar naquele país as próteses hidrossalinas, incomuns em nosso meio.


    É importante ressaltar que a escolha do acesso/incisão deve respeitar características individuais e a preferência do cirurgião, não havendo acesso correto ou errado neste tipo de cirurgia. Uma conversa franca antes da cirurgia é muito importante.

    Dr. Guilherme Ribeiro

    cirurgião plástico que se dedica à cirurgia plástica há mais de 15 anos, em uma trajetória pautada pela ética, excelência técnica e constante atualização.